Comer normal


Na época que eu estava na escola, quase todo mundo era magro. Lembro que, na minha sala, só um menino e uma menina estavam aparentemente à cima do peso. Digo aparentemente porque nunca perguntei o peso e altura deles para colocar em uma curva e ver se realmente estavam fora da faixa de normalidade. Hoje a realidade das escolas é outra. […]

SOBRE CRIANÇAS PEQUENAS E DIETAS


Em outro texto (esse) contei um pouco sobre como eram as refeições na minha casa quando eu era pequena – sempre meio bagunçadas. Talvez por isso, e para o momento da refeição ser mais organizado, prazeroso e saudável, a sociedade criou diversas regras a serem seguidas pelas crianças quando à mesa. Contudo, algumas dessas regras que dizem respeito à alimentação não são […]

PORQUE ALGUMAS REGRAS ALIMENTARES DEVEM ACABAR



Confesso que fiquei muito em dúvida, se postava comentando a matéria de capa da revista Veja ou se falava sobre o dia do nutricionista. Por que não juntar as duas coisas? Afinal, eu sou nutricionista, minha especialização é em pediatria e a matéria da Veja é justamente sobre a lancheira das crianças e sobre o que tem nas cantinas das […]

SOBRE CRIANÇAS, LANCHEIRAS E A FALTA DE TEMPO.


1
Quando eu era pequena, a despensa da minha casa era a mais desejada da turma. Sempre teve uma variedade de salgadinhos, cereais matinais, chocolates, leite condensado, bolachas recheadas e na geladeira nunca faltou refrigerante. Batata frita era algo comum no jantar, minha mãe fazia para agradar meu pai e a nós, as crianças. Em São Paulo, cresci com disponibilidade absoluta […]

UMA REFLEXÃO SOBRE A MINHA INFÂNCIA



Vira e mexe falo pra vocês escolherem e preferirem sempre os alimentos ‘de verdade’. Aí um dia, em consulta, uma paciente me perguntou: “que raios são os alimentos de verdade? Tem algum alimento de mentira, por um acaso?” Foi aí que caiu a ficha que eu deveria explicar melhor esse conceito pra vocês. Os alimentos que eu considero ‘de verdade’ […]

SOBRE OS ALIMENTOS DE VERDADE


1
Estava meio sem inspiração pra fazer o post de hoje aí comecei a pensar… Já falamos sobre comer assistindo televisão, sobre neofobia aqui e aqui, sobre resgatar o prazer de comer, a divisão de responsabilidades, sobre os pais – que são os modelos dos filhos, já falamos sobre papinha de neném e sobre BLW, sobre sobremesa e como administrar as […]

QUANTO TEMPO DEVE DEMORAR UMA REFEIÇÃO?



Ser nutricionista é ouvir as pessoas pedindo sua opinião o tempo todo. Quase que como ser mãe, mas não só com seus filhos. O que eu como, o que eu não como, como eu faço pro meu filho comer mais/melhor, como eu faço pro meu filho comer menos/melhor… E aí quando você responde vem aquela cara de dúvida. Por exemplo, […]

SOBRE DEIXAR SEM COMER


3
A neofobia alimentar é o medo de consumir alimentos novos que de início são considerados estranhos. Este comportamento protege as crianças de comerem algo estragado, tóxico ou impróprio para consumo e é mais comum entre um e sete anos. A neofobia tende a melhorar com a idade, o que não significa que é exclusivo das crianças. Essa tendência a rejeitar […]

NEOFOBIA ALIMENTAR – COMO LIDAR



Se você me falasse que está disposto a realizar uma única mudança nos hábitos alimentares da sua família eu te aconselharia; cozinhe mais. E isso não quer dizer fazer banquetes, com 5 ou 6 pratos diferentes, passar a manhã no mercado e a tarde na cozinha. Afinal, eu sei que o tempo está escasso para todos, e que ao final […]

SE EU PUDESSE DAR APENAS UM CONSELHO…


1
Tenho dois irmãos mais velhos e sempre que lembro os nossos momentos de refeição há 15 ou 20 anos penso: que bagunça. Minha irmã sempre foi muito seletiva, dependendo do cardápio, minha mãe tinha que preparar algo diferente pra ela. Meu irmão, sempre reclamava de alguma coisa, e pra piorar o clima na mesa, ficava enchendo eu e a minha […]

REFEIÇÃO SEM CONFUSÃO



Não sei se é porque sou nutricionista, mas na minha opinião, o assunto ‘alimentação infantil’ sempre dá o que falar. Participo de alguns grupos de mães no facebook (segue a couve lá) e é só alguém escrever uma dúvida sobre esse tema que começa a discussão. Uma mãe diz que a alimentação deve ser o mais natural possível, a outra […]

SOBRE AS INFORMAÇÕES NO MUNDO ONLINE


2
“Deve-se mastigar muito devagar. Se as papilas gustativas, que são as responsáveis por propiciar o paladar, estão apenas na boca, por que engolir o alimento tão rapidamente? A ideia que se tem é de que, por algum motivo desconhecido, as pessoas detestam sentir o gosto dos alimentos. Por mais que digam que adoram o que quer que seja. Será que […]

RESGATANDO O PRAZER DE COMER